Pequim terá água suficiente para Olimpíada, se turistas vierem

domingo, 13 de julho de 2008 12:59 BRT
 

Por Alan Wheatley

PEQUIM (Reuters) - A boa notícia para os organizadores das Olimpíadas de Pequim é que eles terão água e combustível suficientes, mas ainda terão que trabalhar mais para garantir vegetais e turistas.

A preparação final para os Jogos, que começam no mês que vem, está a todo vapor, com voluntários sorridentes em suas cabines e vasos de flores desabrochando por toda a cidade.

E parece que o trabalho hercúleo para garantir que a capital chinesa não passe por um desabastecimento de água, mesmo com os muitos anos de seca, compensou: os principais reservatórios que abastecem a cidade comportam água mais do que suficiente para servir ao 1 milhão de turistas da própria China e outros 500 mil estrangeiros que são esperados durante os Jogos Olímpicos.

"Pequim juntou todos os recursos hídricos, incluindo reservatórios, águas subterrâneas e pluviais, para assegurar o abastecimento durante a Olimpíada", disse Yu Yapin, da Agência de Águas de Pequim, segundo publicado neste domingo pela agência de notícias Xinhua.

Para assegurar que não haja falta d'água em Pequim durante os Jogos, autoridades pediram para que fosse terminada de maneira antecipada um trecho de 309 quilômetros da seção norte do Projeto de Transferência de Água Sul-Norte, para que mais água seja bombeada, se necessário, de Hebei, uma grande província rural próxima à capital, região que já sofre com a seca.

As autoridades também estão estocando gasolina e diesel, ainda que os carros só possam rodar em Pequim em dias alternados a partir de 20 de julho.

PetroChina e Sinopec, as maiores produtoras de combustível da China, devem importar 310 mil toneladas de gasolina e 410 mil toneladas de diesel para uso no leste da China, de acordo com o ChemNet, um website de informações da indústria petroquímica.

Por outro lado, o suprimento de vegetais que chega a Pequim caiu 10 por cento recentemente, o que fez os preços subirem 65 por cento, de acordo com Wang Xiaodong, o diretor do departamento de agricultura da cidade.   Continuação...