Gol contra dá vitória à Inter sobre o Catania

sábado, 13 de setembro de 2008 18:20 BRT
 

Por Paul Virgo

ROMA (Reuters) - Atual campeã, a Inter de Milão venceu o Catania de virada por 2 x 1, com um homem a menos desde o final do primeiro tempo neste sábado, no San Siro, graças ao gol contra de Christian Terlizzi, em partida válida pelo Campeonato Italiano.

Gianvito Plasmati marcou de cabeça para o visitante aos 42 minutos do primeiro tempo, mas Inter empatou quase imediatamente quando um cruzamento de Ricardo Quaresma, estreante na primeira divisão, desviou em Giuseppe Mascara no caminho para o gol.

Os anfitriões tiveram outro lance de sorte quando, aos três minutos da etapa complementar, uma cabeçada de Terlizzi foi considerada que não havia passado a linha do gol, embora imagens na TV não tenham deixado claro se a bola cruzara ou não a linha.

O meio-campista de Gana Sulley Muntari levou um cartão vermelho no final do primeiro tempo por ter colocado a mão no rosto de Giacomo Tedesco, que se jogou teatralmente ao chão, e deixou a Inter com um jogador a menos.

O capitão do Catania, Walter Zenga, teve uma recepção entusiasmada no retorno ao San Siro, em que defendeu o gol da Inter por 11 anos entre 1983 e 1994.

A vitória coloca a Inter na liderança do campeonato com quatro pontos em dois jogos, antes do restante da rodada que será disputada no domingo, quando o Milan visita o Genoa e a Juventus recebe a Udinese.

No outro jogo deste sábado, Fabrizio Miccoli marcou duas vezes na vitória do Palermo sobre a Roma por 3 x 1 em casa, dando ao novo técnico Davide Ballardini um início vitorioso.

Miccoli empatou a partida após o brasileiro Julio Baptista ter aberto o placar, aos oito minutos de partida, com um belo chute de direita de fora da área, 12 minutos depois.

O atacante recebeu um passe do brasileiro Fabio Simplício e marcou outro aos 12 do segundo tempo, antes do uruguaio Edinson Cavani selar a vitória com um gol aos 28 minutos com outro passe inteligente de Simplício.