Brasil perde para Polônia apesar de bom 1o tempo no handebol

quinta-feira, 14 de agosto de 2008 04:30 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A seleção brasileira masculina de handebol chegou a dar a impressão de que conquistaria sua primeira vitória nos Jogos de Pequim, mas acabou sucumbindo à vice-campeã mundial Polônia no segundo tempo e sofreu na quinta-feira a terceira derrota, por 28 x 25.

O Brasil conseguiu manter-se à frente no placar da segunda metade do primeiro tempo para a frente, e foi para o vestiário vencendo por 15 x 14 em sua melhor apresentação na Olimpíada.

Entretanto, a equipe não conseguiu manter a liderança na segunda parte do jogo e, liderados por Mateusz Jachlewski e Bartosz Jurecki, os poloneses acabaram passando à frente e conseguiram segurar o resultado.

"Entramos com espírito de luta e conseguimos equilibrar o jogo, mas no final faltou fazermos um pouco mais de gols. Fico triste pela derrota, mas feliz pelo que desenvolvemos nesta partida", disse Bruno Santana.

O artilheiro do jogo foi o brasileiro Borges, com sete gols. Pela Polônia, Jurecki e Tomasz Tluczynski fizeram seis gols cada.

O Brasil já havia perdido para a França e a Croácia, nos dois jogos anteriores, e mais esta derrota deixa complicada a situação da equipe, sexta e última colocada, para a classificação para as quartas-de-final.

Os próximos adversários são China e Espanha.

Para o técnico Jordi Ribera, o time brasileiro foi bem em quadra, mas sofreu com a perda de Zeba, que saiu lesionado, no segundo tempo. "Nossa equipe fez uma grande partida. Os jogadores esqueceram as duas partidas anteriores. Contra a Polônia, fomos uma seleção que jogou os 60 minutos em alto nível. O Zeba nos fez muita falta", disse ele.