Nadadora de Camarões de 12 anos é a atleta mais nova em Pequim

quinta-feira, 14 de agosto de 2008 02:53 BRT
 

Por Catherine Bremer

PEQUIM (Reuters) - Quando ela caminhar para o bloco de largada no Cubo D'Água, em Pequim, a nadadora de estilo livre camaronesa Antoinette Guedia vai estar ao lado de rivais muito maiores que ela e diante de uma piscina que é dobro da que ela está acostumada.

Com 12 anos e 10 meses, Guedia é a mais jovem atleta competindo nos Jogos de Pequim. E ela pode contar nos dedos de uma mão as vezes em que competiu em uma piscina de tamanho olímpico oficial

"É um pouco opressivo. Eu sou pequena", disse Guedia em um francês cantado, enfeitada com uma colar de pedras verdes, vermelhas e amarelas escrito "África" que ela usa para dar sorte.

Ela vai enfrentar nadadoras de todas as idades na prova feminina dos 50 metros livre, na sexta-feira, incluindo Dara Torres, de 41 anos, que ganhou prata para os Estados Unidos no revezamento 4x100m livre.

"É incrível estar aqui na minha idade. Estou orgulhosa", disse Guedia à Reuters na Vila Olímpica, onde jogadores de vôlei e levantadores de peso a fazem parecer muito pequena.

Apelidada de "Campeã" pelas suas amigas de escola em Camarões, Guedia segue treinando na mesma piscina de 22 metros em um hotel onde ela aprendeu a nadar aos 8 anos.

A piscina a céu aberto é a maior disponível em Douala, maior cidade de Camarões, onde a família mora. Antes de chegar a Pequim, Guedia competiu apenas uma vez em uma piscina de 50 metros, quando participou dos Jogos Africanos, em 2007 na Argélia.

Guedia ganhou seu primeiro troféu ao vencer um torneio regional de natação poucos meses depois das primeiras lições na água. Depois de três anos ela era campeã camaronesa de natação.   Continuação...