14 de Agosto de 2008 / às 08:11 / em 9 anos

Washington Silva vence 2a no boxe e fica a 1 vitória da medalha

PEQUIM (Reuters) - Pelas mãos de Washington Silva, o boxe do Brasil está a uma luta de conquistar a primeira medalha em Jogos Olímpicos após 40 anos. O meio-pesado avançou para as quartas-de-final da categoria até 81 quilos ao vencer seu segundo combate em Pequim, nesta quinta-feira, contra o ganês Bastie Samir.

<p>Bastie Samir, de Gana, e Washington Silva, do Brasil, lutam boxe em Pequim REUTERS. Photo by Lee Jae-Won</p>

Silva, de 30 anos, que nos Jogos de Atenas-2004 foi eliminado logo no primeiro combate, derrotou Samir por 9 a 7 em um confronto com muitos golpes trocados e enfrentará o irlandês Kenny Egan na próxima luta.

A vitória do brasileiro foi construída logo no primeiro round, quando conseguiu vantagem de 4 a 1. Nos dois rounds seguintes, os pugilistas empataram (1 a 1 e 2 a 2), e o ganês ainda venceu o quarto round (3 a 2), mas não foi o suficiente para reverter a diferença a favor de Silva.

Se vencer o combate seguinte, o brasileiro estará nas semifinais e terá garantido, no mínimo, uma medalha de bronze, igualando o feito do peso mosca Servilio de Oliveira, nos Jogos da Cidade do México, em 1968, cujo bronze é a única medalha do boxe brasileiro.

O boxe olímpico distribui duas medalhas de bronze, para os derrotados nas semifinais.

O irlandês Egan, de 26 anos, atropelou o turco Bahram Muzafer por 10 a 2 em seu combate das oitavas-de-final, também nesta quinta-feira. A luta entre ele e o brasileiro será na terça-feira (19).

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below