Atiradora chinesa que frustrou 1o ouro dá a volta por cima

quinta-feira, 14 de agosto de 2008 06:25 BRT
 

Por Erik Kirschbaum

PEQUIM (Reuters) - Du Li, a atiradora que botou abaixo toda a expectativa da China quanto à primeira medalha de ouro na Olimpíada, recuperou-se com estilo, ao vencer a prova feminina da carabina de 50 metros três posições, nesta quinta-feira.

Empurrada por uma multidão estática, Du, de 26 anos, triunfou na batalha dos 10 tiros finais, depois de ter falhado completamente na prova da carabina de 10 metros, no sábado, quando defendia seu título olímpico de Atenas-2004. Na ocasião, a atiradora não se conteve e saiu correndo, em lágrimas.

Katerina Emmons, da República Tcheca, foi prata, depois de uma luta dura entre as duas atiradoras pelo ouro. Eglis Yaima, de Cuba, ficou com o bronze.

"Estou tão nervosa...", Du disse a jornalistas, enquanto chorava, desta vez de alegria.

"Já estava nervosa no primeiro tiro", admitiu ela. "Mas não queria repetir minha falha do sábado. Eu tinha a sensação de que podia dar a volta por cima."

Du disse que a medalha de ouro veio exatamente quatro anos depois de seu primeiro ouro, na carabina de 10m em Atenas.

"Acho que 14 de agosto é meu dia de sorte", disse ela, depois de admitir que considerou desistir da prova de quinta-feira por conta do fracasso de sábado. Mas Du foi envolvida pelo apoio dos torcedores e dos voluntários.

A atiradora revelou que Emmons, que ganhou o ouro no sábado, a ajudou a ficar novamente em pé.

"Ela veio, me deu um grande abraço e os melhores votos. Fiquei realmente emocionada com isso."