Thiago Pereira se inspira em Cielo para final dos 200m medley

quinta-feira, 14 de agosto de 2008 05:25 BRT
 

Por Alberto Alerigi Jr.

PEQUIM (Reuters) - Thiago Pereira assistiu à conquista do bronze por César Cielo nos 100 metros livre, nesta quinta-feira, e usou o desempenho do colega como inspiração para avançar com o 3o melhor tempo para a final dos 200m medley.

"Eu estava bem concentrado, mas assisti à prova dele. Sem dúvida, foi mais uma inspiração, o Cesão (Cesar Cielo) nadou super bem", disse Thiago, após marcar tempo de 1min58s06, logo abaixo do segundo colocado na semifinal, o fenômeno dos Estados Unidos, Michael Phelps, que registrou 1min57s70.

O melhor tempo das semifinais ficou com o também norte-americano Ryan Lochte, que teve tempo de 1min57s69.

"Acabei nadando super bem a prova, sempre próximo do Ryan, e agora é descansar para amanhã de manhã", disse o brasileiro, que ficou atrás apenas de Lochte em sua bateria, sobre a final da prova que é sua especialidade.

Único latino-americano classificado para a final, Pereira afirmou que não pretende competir com Cielo sobre quem consegue mais medalhas em Pequim.

"O que a gente tem que fazer é somar, é o que os Estados Unidos fazem, e acho que a gente deve tentar igual no Brasil também para somar o máximo possível", afirmou.

Garantindo estar se sentindo bem após a prova, Pereira afirmou que conteve-se no nado crawl para não se esgotar para afinal, mas que na sexta-feira "vai sair como a gente sempre sai, quase sem conseguir andar."

O nadador, dono do recorde sul-americano na prova com tempo de 1min57s79, afirmou que tem como objetivo nadar abaixo do 1min57s70 ou "quem sabe na cair na casa do 1min56s".

Mas na prova, ele não vai se preocupar com adversários para evitar um sentimento de "desespero" e comprometer seu desempenho. "Vou tentar não pensar neles, dar o melhor de mim. Se ficar de olho em alguém pode ser que no meio da prova você se desespere. O principal é eu fazer a minha prova."

(Edição de Pedro Fonseca)