14 de Agosto de 2008 / às 11:10 / 9 anos atrás

Edinanci perde bronze no judô em sua 4a Olimpíada

PEQUIM (Reuters) - A judoca Edinanci Silva deixou escapar a medalha de bronze na categoria meio-pesado (até 78 quilos), ao ser derrotada por ippon, numa imobilização, pela sul-coreana Gyeongmi Jeong nos Jogos de Pequim, nesta quinta-feira.

Em sua quarta participação nas Olimpíadas, a judoca brasileira, de 31 anos, conseguiu seu melhor resultado, ao perder a disputa do bronze depois de ter sido a vencedora da repescagem.

Nas três participações olímpicas anteriores -- Atlanta-1996, Sydney-2000 e Atenas-2004 -- Edinanci terminou sempre na 7a posição. Ela é o nome mais conhecido do judô feminino do Brasil, tendo ficado duas vezes na 3a posição em campeonatos mundiais (1997 e 2003) e com as medalhas de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 2003 e 2007.

Edinanci foi derrotada logo em sua primeira luta em Pequim, pela espanhola Esther San Miguel, mas recuperou-se para sagrar-se vencedora da repescagem e ganhar o direito de brigar pela medalha de bronze.

Porém, na luta com a sul-coreana, acabou sofrendo uma queda e sendo imobilizada na sequência. Após 25 segundos no solo, a vitória por ippon foi concedida à Jeong.

A brasileira venceu a russa Vera Moskalyuk, a italiana Lucia Morico e Lkhamdegd Purevjargal, da Mongolia, as duas últimas por ippon, em sua caminhada na repescagem.

Nos Jogos de Pequim, o judô feminino do Brasil conquistou sua primeira medalha olímpica, o bronze de Ketleyn Quadros na categoria leve (até 57 quilos). Além de Ketleyn, Leandro Guilheiro e Tiago Camilo também foram bronze.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below