Basile não treinará Argentina em Pequim; Batista é o escolhido

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008 16:32 BRST
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O treinador da seleção de futebol da Argentina, Alfio Basile, não vai dirigir a equipe nos Jogos Olímpicos de Pequim, em agosto, e será substituído por Sergio Batista, treinador da equipe sub-20, afirmou nesta segunda-feira o presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA), Julio Grondona.

O dirigente também confirmou que esta semana será definido um amistoso da seleção principal contra a Guatemala, em Los Angeles, que deve ser disputado em fevereiro.

Grondona explicou que a ausência de Basile em Pequim já havia sido combinada antes da escolha de Batista, ex-volante campeão mundial com a Argentina em 1986, como técnico da seleção sub-20.

"(O técnico) será Sergio Batista. Já falamos com ele porque nesta data também há partidas das eliminatórias (sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010)", disse Grondona à emissora de rádio Del Plata.

Batista, um dos pilares do meio-campo argentino que conquistou o Mundial do México, também é o coordenador das seleções de base da AFA.

No torneio olímpico, para jogadores de até 23 anos, a Fifa permite que até três atletas além desse limite de idade sejam convocados por cada equipe.

"Pretendo que vá a melhor equipe... mas vamos ver como ficam as coisas", disse Grondona.

A Argentina conquistou seu primeiro título olímpico no futebol nos Jogos de Atenas, em 2004, sob comando do atual técnico do Chile, Marcelo Biela.

Na semana passada, o talentoso meia do Boca Juniors Juan Román Riquelme disse que seus maiores desejos este ano são conquistar a Copa Libertadores com seu time e disputar a Olimpíada de Pequim.   Continuação...