ENTREVISTA-Valderrama elogia Riquelme e Valdivia

segunda-feira, 14 de abril de 2008 16:56 BRT
 

Por Claudio Cerda

SANTIAGO (Reuters) - O ex-jogador de futebol colombiano Carlos Valderrama, um dos meio-campistas de maior destaque da América do Sul nas últimas décadas, disse que o argentino Juan Román Riquelme e o chileno Jorge Valdivia são sucessores dignos de seu posto.

Valderrama, eleito o melhor jogador da América em 1987 e 1993, brilhou na seleção colombiana pela elegância e habilidade de seu jogo, o que resultou na qualificação da Colômbia para três Copas do Mundo consecutivas na década de 1990.

O ex-jogador, de 46 anos, disse estar muito atento para a realidade do futebol sul-americano, no qual identifica Riquelme e Valdivia como expoentes do chamado jogo "precioso" que praticou ao longo de sua carreira.

"Riquelme é um dos históricos neste posto. Tem qualidade para jogar, conta com precisão, visão de jogo e forte finalização. Acho que ele tem a classe para funcionar no futebol deste estilo", disse Valderrama em entrevista à Reuters.

Riquelme retornou ao Boca Juniors em novembro de 2007 procedente do espanhol Villareal, que lhe transferiu depois que o técnico chileno Manuel Pellegrini o afastou do elenco em julho do mesmo ano.

Valderrama afirmou que não considera que o retorno à Argentina seja um retrocesso na carreira de Riquelme.

"Por que seria um retrocesso? Ele jogou quatro anos na Europa. Não jogou muito no Barcelona, mas depois foi ao Villareal e lá foi o destaque. Voltou por problemas mas o futebol é assim", afirmou o ex-jogador do Deportivo Cali e Atlético Junior de seu país.

Diretores do Villareal afirmaram que Riquelme deixou o time por um "problema de autoridade" com o clube.   Continuação...