Cielo quebra recorde olímpico dos 50m livre e vai à final e 1o

sexta-feira, 15 de agosto de 2008 01:03 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - César Cielo retomou para si o recorde olímpico dos 50 metros livre para garantir a classificação para a final dos Jogos Olímpicos com o primeiro tempo das semifinais, na sexta-feira.

Cielo registrou o tempo de 21s34 para cumprir o que prometeu: retomar a marca que havia perdido nas eliminatórias.

O brasileiro bateu na quinta-feira o recorde que durava desde 1992 na sua bateria das eliminatórias com 21s47 mas, poucos minutos depois, o francês Amaury Leveaux superou o tempo com 21s46.

Ao conquistar o bronze nos 100m livre, ele garantiu que buscaria o ouro e, após a prova dos 50m livre, mostrou confiança.

"É bom saber que com certeza estou na final. Estou confiante para amanhã e com certeza para baixar o tempo mais ainda", disse ele.

"Ainda não nadei no meu limite. Se todos marcarem melhores tempos no sábado, de nada vai adiantar ter batido o recorde. Vou cair na piscina para fazer a prova perfeita e bater na frente dos adversários, sem me preocupar com o tempo", completou.

O francês Alain Bernard fez o segundo melhor tempo e também avançou à final, com 21s54, seguido pelo australiano Ashley Callus, com 21s68.

Leveaux fez apenas o sétimo melhor tempo, 21s76, garantindo também sua vaga na decisão.

O outro brasileiro na prova, Nicholas Santos, fez 22s15 e conseguiu apenas o 16o e último tempo, ficando de fora da decisão.

Nas semifinais dos 100 metros borboleta, Kaio Márcio fez apenas o 15o tempo, 52s32, e está fora da decisão. O melhor tempo foi do sérvio Milorad Cavic, com 50s92.

"Não consegui melhorar meu tempo de ontem, mas valeu. Nadei um pouco pior na volta, tentei nadar mais rápido, mas não consegui. É bem diferente da minha primeira Olimpíada, estou nadando mais tranquilo, sabendo mais o que fazer", disse Kaio à televisão.