Com as "feras", dois brasileiros vão às quartas nos 100m rasos

sexta-feira, 15 de agosto de 2008 00:57 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - Recordista mundial dos 100 metros do atletismo com 9s72, Usain Bolt quase nem precisou "suar a camisa", apesar da alta temperatura no Estádio Ninho de Pássaro, para seguir às quartas-de-final dessa prova, na Olimpíada de Pequim. Nas eliminatórias desta sexta-feira, também passaram seu compatriota jamaicano Asafa Powell e o campeão mundial norte-americano Tyson Gay -- os três homens mais velozes de toda a história do esporte.

Bolt ganhou sua série eliminatória com 10s20, enquanto Powell -- o recordista mundial anterior --, classificava-se confortavelmente para as quartas com 10s16. Gay venceu a série mais equilibrada com 10s22, e não pareceu sentir mais a lesão muscular na coxa, machucada nas seletivas norte-americanas do mês passado.

Dos brasileiros, Vicente Lenílson também passou às quartas, como terceiro na mesma eliminatória de Bolt: fez 10s26, atrás de Daniel Bailey, de Antígua e Barbuda (10s24). José Carlos Moreira correu na mesma -- e mais puxada -- eliminatória de Gay e foi segundo, com 10s29, empatado com o nigeriano Olusoji Fasuba. Sandro Viana queimou uma largada, foi sexto em sua eliminatória e não se classificou.

Com os três homens mais rápidos do planeta prontos para competir cabeça-a-cabeça, os 100m são, de longe, a prova mais aguardada destes 10 dias do atletismo.

As quartas-de-final serão na noite desta sexta-feira, com semifinais e final no sábado.

(Reportagem de Nick Mulvenney)

 
<p>Usain Bolt of Jamaica (centro) disputa sua bateria eliminat&oacute;ria nos 100 metros, no Ninho do P&aacute;ssaro, em Pequim. Photo by Phil Noble</p>