De "coração partido", Lula envia mensagem de apoio a Ronaldo

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008 16:24 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira que acompanhou "com o coração partido" mais uma cirurgia de Ronaldo e pede que o atacante não desanime.

Ronaldo, com um histórico de lesões na carreira, passou por uma cirurgia no joelho esquerdo em Paris, na quinta-feira, um dia depois de se machucar em partida do Milan pelo Campeonato Italiano.

"Saiba que, assim como eu, milhões de brasileiros acompanharam com o coração partido sua dor, sua tristeza e seu sofrimento. E, da mesma forma, me uno a esses milhões de brasileiros para lhe dizer: menino segue em frente, resiste, não desanima", afirmou o presidente em nota.

"Tenho fé, assim como nossa gente brasileira, que você voltará aos gramados e vai ser, de novo, exemplo e referência de coragem e perseverança", acrescentou Lula.

A previsão dos médicos é que a recuperação de Ronaldo, 31 anos, dure 9 meses.

Eleito melhor jogador do mundo por três vezes e maior artilheiro de Copas do Mundo, com 15 gols em três torneios, o atacante passou por duas lesões semelhantes no joelho direito, em 1999 e 2000.

Na Copa de 2002, foi o artilheiro, ajudando o Brasil a conquistar o pentacampeonato.

(Texto de Tatiana Ramil)

 
<p>O presidente Luiz In&aacute;cio Lula da Silva disse nesta sexta-feira que acompanhou 'com o cora&ccedil;&atilde;o partido' mais uma cirurgia de Ronaldo e pede que o atacante n&atilde;o desanime. Foto em Paris, 14 de fevereiro. Photo by Charles Platiau</p>