Nadadora americana vai da cirurgia no coração ao ouro olímpico

sexta-feira, 15 de agosto de 2008 03:00 BRT
 

Por Paul Majendie

PEQUIM (Reuters) - A nadadora norte-americana Rebecca Soni arrasou o recorde mundial dos 200 metros peito nos Jogos de Pequim, ao vencer a prova nesta sexta-feira, dois anos depois de passar por uma cirurgia no coração.

Mordendo a língua e contendo as lágrimas durante a execução do hino norte-americano, parecia estar em estado de choque depois de bater a ex-detentora do recorde mundial, a australiana Leisel Jones, que ficou em segundo.

"Foi um longo caminho até aqui. Mal posso acreditar que aconteceu. Eu ganhei uma medalha de ouro", disse a jovem de 21 anos.

"Eu estava tremendo um pouco lá em cima. Mas é ótimo estar lá e ouvir o hino de meu país."

A nadadora de fala suave, que ficou com a prata nos 100m peito -- prova que disputou em substituição a Jessica Hardy, que foi pega no antidoping --, destacou seu incrível progresso desde que passou pela operação.

"Foi uma pequena cirurgia cardíaca para cuidar de algumas coisas e poder voltar a treinar."

"Definitivamente penso que eu excedi minhas expectativas. Já tenho duas medalhas -- vim aqui para disputar apenas um evento. As coisas estão indo muito bem", disse Soni.

A estudande de comunicação da Universidade da Califórnia do Sul disse que ficou confiante de que poderia ganhar uma medalha depois de terminar atrás de Jones nos 100m.   Continuação...