16 de Maio de 2008 / às 11:00 / 9 anos atrás

Adriano volta à seleção brasileira para eliminatórias

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O técnico Dunga convocou nesta quinta-feira o atacante Adriano para os jogos do Brasil contra Paraguai e Argentina pelas eliminatórias da Copa do Mundo, em junho, na esperança de que o jogador se torne o homem de referência do ataque da equipe. Devido à participação do São Paulo na Copa Libertadores, Adriano foi chamado para as partidas das eliminatórias mas ficou de fora da lista para os amistosos contra Canadá e Venezuela, nos Estados Unidos, em 31 de maio e 6 de junho.

O atacante retorna à seleção brasileira pela primeira vez desde fevereiro de 2007, quando foi convocado para o amistoso contra Portugal, em que o Brasil perdeu por 2 x 0.

O atacante voltou a jogar bem e marcar gols no clube paulista este ano, após ter sido emprestado pela Inter de Milão para recuperar-se dos problemas vividos dentro e fora de campo na Itália.

"O Adriano tem qualidade, precisa de carinho, respeito e cobrança. Ele sofreu uma cobrança grande no São Paulo e correspondeu", disse o treinador, ao anunciar a lista de convocados em um hotel do Rio de Janeiro.

Dunga acrescentou que a convocação do atacante já estava decidida antes mesmo da boa atuação de Adriano na vitória de 1 x 0 do São Paulo sobre o Fluminense pelas quartas-de-final da Copa Libertadores, na quarta-feira. Adriano deu ótimos passes, criou jogadas e marcou o gol da partida.

"Pesou o fato de ele ser o Adriano, foi chamado porque está no ponto ideal. Amistoso é importante para preparação, mas é no jogo valendo que se vê o potencial do jogador", afirmou. "É normal que as coisas na vida não andem bem de vez em quando, mas ele demonstrou força de vontade e capacidade."

Assim como Adriano, o lateral-esquerdo Kléber, do Santos, também foi convocado somente para as partidas das eliminatórias para poder jogar por seu time na Libertadores.

Para seus lugares nos amistosos contra Canadá e Venezuela, Dunga chamou Marcelo (Real Madrid) e Rafael Sóbis (Real Bétis).

O Brasil joga contra o Paraguai em Assunção, dia 15 de junho, e contra a Argentina em Belo Horizonte, três dias depois. O Paraguai lidera o torneio, à frente da Argentina, enquanto o Brasil está em terceiro.

Ronaldinho Gaúcho, lesionado, voltou a ficar de fora da lista.

Até o momento, o Brasil fez duas partidas neste ano: 1 x 0 contra a Irlanda e 1 x 0 contra a Suécia.

Veja a lista de convocados:

Goleiros: Júlio César (Inter de Milão), Diego Alves (Almeria) e Doni (Roma)

Zagueiros: Lúcio (Bayern de Munique), Alex (Chelsea), Juan (Roma) e Luisão (Benfica);

Laterais: Daniel Alves (Sevilla), Maicon (Inter de Milão), Gilberto (Tottenham Hotspur), Kléber (Santos) e Marcelo (Real Madrid);

Meio-campistas: Anderson (Manchester United), Elano (Manchester City), Gilberto Silva (Arsenal), Josué (Wolfsburg), Kaká (Milan), Júlio Baptista (Real Madrid), Diego (Werder Bremen), Mineiro (Hertha Berlim);

Atacantes: Adriano (São Paulo), Robinho (Real Madrid), Rafael Sóbis (Real Bétis), Alexandre Pato (Milan) e Luis Fabiano (Sevilla)

Reportagem de Rodrigo Viga Gaier e Pedro Fonseca

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below