Ex-melhor do mundo, goleiro Oliver Kahn encerra carreira

quinta-feira, 15 de maio de 2008 12:12 BRT
 

Por Kevin Fylan

HAMBURGO, Alemanha (Reuters) - Para alguém que conquistou tantos títulos, é estranho que a imagem que vai perdurar de Oliver Kahn seja a solidão do goleiro após a falha que decretou a derrota da Alemanha na final da Copa do Mundo de 2002 para o Brasil.

Kahn, que faz seu último jogo como profissional no sábado, quando o Bayern de Munique recebe o Hertha Berlim pelo Campeonato Alemão, passou a maior parte dos 21 anos de carreira dividido entre as polêmicas fora de campo e a admiração dos torcedores.

Enquanto a torcida do Bayern sempre o amou, foi apenas quando ele cometeu um erro e foi derrotado que o restante da Alemanha declarou seu carinho por ele.

O goleiro de 38 anos, que foi contratado pelo Bayern junto ao Karlsruhe em 1994, se aposenta após ter conquistado oito títulos alemães e seis Copas da Alemanha.

Ele foi eleito o melhor jogador da Copa do Mundo de 2002, o melhor em campo na vitória do Bayern sobre o Valencia na final da Liga dos Campeões de 2001 e o melhor goleiro do mundo em três ocasiões.

O jogo de sábado em Munique será o 557o de Kahn na Bundesliga, um recorde para goleiros.

"Nunca teríamos conquistado a Liga dos Campeões sem as atuações de Kahn, e sua personalidade e vontade fora de campo", disse o presidente do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge.

"Ele é o nosso jogador mais importante da última década."   Continuação...

 
<p>Ex-melhor do mundo, goleiro Oliver Kahn encerra carreira. O goleiro alem&atilde;o Oliver Kahn, do Bayern de Munique, depois de partida do Campeonato Alem&atilde;o. 21 de abril de 2007. Photo by Kai Pfaffenbach</p>