15 de Agosto de 2008 / às 12:08 / em 9 anos

Brasil vence Noruega e é semifinalista no futebol feminino

TIANJIN, China (Reuters) - A seleção brasileira derrotou com dificuldade a Noruega, campeã olímpica em Sydney-2000, por 2 x 1, classificando-se para a semifinal da Olimpíada de Pequim nesta sexta-feira.

O time brasileiro, que empatou com Alemanha e venceu Nigéria e Coréia do Norte na primeira fase, abriu 2 x 0 com gols de Daniela Alves e Marta, mas sofreu pressão no final após um gol de pênalti das norueguesas.

Na semifinal, o Brasil enfrentará o vencedor da partida entre Suécia e a atual campeã mundial Alemanha, que terminou atrás da equipe brasileira na fase de grupos pelo saldo de gols.

O time brasileiro, atual vice-campeão olímpico e mundial, começou bem o jogo. Aos 13 minutos, a goleira Erika Skarbo saiu errado e Cristiane tentou por cobertura, mas a bola saiu.

O Brasil chegava mais ao ataque, mas sem conseguir finalizar. Somente aos 34 minutos a equipe chegou de novo, com Cristiane, que chutou e a goleira norueguesa fez a defesa.

A Noruega pouco ameaçava o gol brasileiro. Aos 36, elas tentaram uma jogada aérea, porém a atacante não conseguiu o cabeceio. Dez minutos depois, o time norueguês chegou com mais perigo. Após cruzamento pela direita, Elise Thorsnes completou para o gol e a bola passou perto.

Quando a Noruega começou a arriscar mais, o Brasil fez o gol. Num chute forte de fora da área, Daniela Alves abriu o placar, aos 43 minutos.

No início do segundo tempo, a Noruega começou pressionando e a defesa brasileira tinha dificuldades para sair jogando.

Na primeira chegada do Brasil ao ataque, aos 10 minutos, Marta recebeu dentro da área, tirou da goleira, mas adiantou muito e a bola acabou saindo pela linha de fundo.

Um minuto depois, numa falha da defesa da Noruega, saiu o segundo gol brasileiro. A zagueira tentou um recuo curto e Marta chegou mais rápido, empurrando a bola para as redes pelo alto.

Cristiane quase fez o dela em um bonito chute da entrada da área, que foi defendido pela goleira norueguesa.

O Brasil parecia controlar o jogo, tendo chance até para ampliar, mas a Noruega diminuiu. Aos 38 minutos, Siri Nordby bateu pênalti cometido pela goleira Bárbara e colocou pressão nas brasileiras.

As norueguesas partiram para o ataque e finalizaram duas vezes nos minutos finais, mas o time do técnico Jorge Barcellos segurou a vitória e a classificação.

Texto de Tatiana Ramil, Edição de Pedro Fonseca

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below