Brasil vence Noruega e pega Alemanha de novo no futebol feminino

sexta-feira, 15 de agosto de 2008 12:54 BRT
 

TIANJIN, China (Reuters) - A seleção brasileira derrotou com dificuldade a Noruega, campeã olímpica em Sydney-2000, por 2 x 1, classificando-se para a semifinal da Olimpíada de Pequim, nesta sexta-feira. O duelo por uma vaga na decisão será novamente com a Alemanha.

As alemãs, atuais campeãs do mundo, bateram a Suécia por 2 x 0, na prorrogação, também nesta sexta.

Elas foram as primeiras adversárias do time brasileiro em Pequim, e o jogo terminou empatado em 0 x 0. A partida da semifinal também será uma repetição da decisão da Copa do Mundo, realizada no ano passado, quando a equipe européia ficou com o título.

A outra semifinal será disputada por Estados Unidos, que fizeram 2 x 1 no Canadá, e Japão, que eliminou a China por 2 x 0.

Contra a Noruega, o time brasileiro abriu 2 x 0, com gols de Daniela Alves e Marta, mas sofreu pressão no final após um gol de pênalti das norueguesas.

O time brasileiro, atual vice-campeão olímpico e mundial, começou bem o jogo. Aos 13 minutos, a goleira Erika Skarbo saiu errado e Cristiane tentou por cobertura, mas a bola saiu.

O Brasil chegava mais ao ataque, mas sem conseguir finalizar. Somente aos 34 minutos a equipe chegou de novo, com Cristiane, que chutou e a goleira norueguesa fez a defesa.

A Noruega pouco ameaçava o gol brasileiro. Aos 36, elas tentaram uma jogada aérea, porém a atacante não conseguiu o cabeceio. Dez minutos depois, o time norueguês chegou com mais perigo. Após cruzamento pela direita, Elise Thorsnes completou para o gol e a bola passou perto.

Quando a Noruega começou a arriscar mais, o Brasil fez o gol. Num chute forte de fora da área, Daniela Alves abriu o placar, aos 43 minutos.   Continuação...

 
<p>Brasil vence Noruega e pega Alemanha de novo no futebol feminino. Jogadoras do Brasil comemoram gol marcado contra a Noruega. A sele&ccedil;&atilde;o brasileira derrotou com dificuldade a Noruega, campe&atilde; ol&iacute;mpica em Sydney-2000, por 2 x 1. 15 de agosto. Photo by Sergio Moraes</p>