16 de Junho de 2008 / às 21:28 / em 9 anos

Golaço de Ballack classifica Alemanha em 2o na Eurocopa

Por Kevin Fylan

<p>Gola&ccedil;o de Ballack classifica Alemanha em 2o na Eurocopa. Michael Ballack acertou uma cobran&ccedil;a de falta perfeita e classificou a Alemanha para as quartas-de-final da Eurocopa 2008, ap&oacute;s a vit&oacute;ria por 1 x 0 sobre a co-anfitri&atilde; &Aacute;ustria. 16 de junho. Photo by Alex Grimm</p>

VIENA (Reuters) - Michael Ballack acertou uma cobrança de falta perfeita e classificou a Alemanha para as quartas-de-final da Eurocopa 2008, após a vitória por 1 x 0 sobre a co-anfitriã Áustria, nesta segunda-feira.

A Alemanha, que precisava evitar a derrota para seguir na competição, pareceu estar nervosa no primeiro tempo, mas o gol de Ballack no início da etapa final mudou a partida e levou a equipe à próxima fase como vice-líder do Grupo B, atrás da Croácia.

Os croatas, que tinham vencido a Alemanha, passaram pela Polônia por 1 x 0 no outro jogo da chave e vão enfrentar a Turquia nas quartas-de-final. A Alemanha disputará o clássico com Portugal, na Basiléia, na quinta-feira.

A Áustria, que precisava de uma vitória para seguir com chances de classificação, levou pouco perigo ao gol alemão, particularmente no primeiro tempo, que terminou com os dois técnicos expulsos pelo árbitro após uma discussão entre eles do lado de fora do campo.

A Alemanha poderia ter tido o início de partida perfeita e silenciado a maioria dos 51.000 torcedores no estádio quando Miroslav Klose passou pela defesa austríaca pela direita e cruzou para Mario Gomez.

Mas o atacantes alemão errou o chute a apenas um metro do gol aberto e a bola sobrou para Gyorgy Garics, que tirou da área de cabeça.

A outra única boa chance da Alemanha no primeiro tempo saiu dos pés de Lukas Podolski, que arriscou da entrada da área e forçou o goleiro Juergen Macho a uma difícil defesa no canto esquerdo.

A cobrança de falta de Ballack, no ângulo do gol austríaco, poderia ter dado chance à Alemanha para aumentar o marcador, mas a equipe manteve-se cautelosa.

A Áustria, entretanto, não teve criatividade e bem antes do final da partida já concentrava suas jogadas ofensivas em tiros de fora da área.

A Croácia, que havia vencido Áustria e Alemanha nas duas partidas anteriores pelo Grupo B, demonstrou novamente sua força ao passar sem maiores problemas pela Polônia em sua último jogo pela fase de grupos.

O único gol da partida saiu aos oito minutos do segundo tempo, com Ivan Klasnic, atacante que passou por dois transplantes de rim nos últimos 18 meses.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below