August 16, 2008 / 9:31 AM / in 9 years

Spitz: Phelps foi "épico" ao igualar recorde de 7 ouros

3 Min, DE LEITURA

Por Belinda Goldsmith

PEQUIM (Reuters) - Mark Spitz resumiu em uma palavra a performance de seu compatriota norte-americano Michael Phelps, que igualou seu recorde de sete medalhas de ouro em uma única Olimpíada: "épico".

Phelps, 23 anos, ganhou seu sétimo ouro nos Jogos de Pequim no sábado, quando bateu a mão na frente do sérvio Milorad Cavic por um centésimo de segundo nos 100 metros borboleta.

A vitória o coloca junto com Spitz -- e dá a ele a chance de superar a marca recorde, se somar oito medalhas de ouro em sua última prova, no sábado: o revezamento 4x100m medley. Spitz, 58 anos, disse que sempre soube que alguém conseguiria igualar suas sete medalhas dos Jogos de Munique-1972.

"Eu ficava imaginando o que iria dizer quando esse momento espetacular acontecesse, e a quem eu iria dizer, e, claro, há algum tempo pensava que iria dizer a você (Phelps)", disse Spitz à rede de TV norte-americana NBC.

"A palavra que vem à mente: épico. O que você fez esta noite foi épico. Não duvidei por um instante que você não conseguiria, nessa prova. Você representa inspiração para muito jovens em todo o mundo", acrescentou.

Assim que Phelps conseguiu seu sétimo ouro em Pequim, a mídia mundial saiu correndo à caça de Spitz, para saber sua reação quanto ao recorde igualado 36 anos depois.

Houve rumores de que ele estava em Pequim, ou então que estava em Hong Kong, e depois que estava em sua casa, na Califórnia.

Mas o ex-nadador estava em Detroit, vendo um de seus filhos jogar um torneio de basquete.

Depois da prova de sábado, Phelps disse à NBC que pensava que tinha perdido a prova -- que garantiu a ele um bônus de um milhão de dólares de sua patrocinadora Speedo, prometido se igualasse o recorde de Spitz.

"Para ser honesto, assim que dei a última meia braçada, pensei que tinha perdido", disse ele à rede de TV que detém os direitos exclusivos de transmissão da Olimpíada para os Estados Unidos.

"Ali foi a diferença, no fim. Se eu tivesse apenas me esticado, não teria alcançado. Tive sorte suficiente nos últimos quatro anos para ter conseguido duas finalizações muito boas nas finais olímpicas. Acho que sou abençoado", afirmou Phelps.

Com oito medalhas ou não, Phelps deixará Pequim como o atleta de maior sucesso de todas as Olimpíadas. Em duas participações Olímpicas -- Atenas-2004 e Pequim-2008, o nadador soma, por enquanto, 13 medalhas de ouro.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below