Grama sintética não preocupa Inglaterra em Moscou

terça-feira, 16 de outubro de 2007 10:47 BRST
 

MOSCOU (Reuters) - A Inglaterra estará concentrada no resultado que precisa em vez de se preocupar com o gramado artificial quando enfrentar a Rússia, na quarta-feira, em uma partida crucial das eliminatórias da Eurocopa de 2008, em Moscou.

O técnico Steve McClaren e jogadores experientes como Rio Ferdinand disseram que a equipe não buscará pretextos antes do jogo, no estádio olímpico Luzhniki, onde uma vitória da Inglaterra garantirá a equipe no torneio do ano que vem em Áustria e Suíça.

A Inglaterra, que desembarcou em Moscou sob neve na noite de domingo, deve ter o retorno do capitão John Terry, que se recupera de uma lesão no joelho. Apesar de ter desfalcado a equipe na vitória de 3 x 0 sobre a Estônia, suas chances de jogar melhoraram nos últimos três dias.

A Rússia, que perdeu para os ingleses por 3 x 0 em Wembley no mês passado, precisa vencer o jogo de quarta-feira para ainda ter chances reais de se classificar.

Quanto à eventual vantagem para os russos pelo gramado sintético, Ferdinand afirmou que os jogadores ingleses não estão preocupados com isso.

"Treinamos em campo de grama sintética nos últimos dias, então sabemos do que se trata", disse ele. "Não jogamos nesse campo antes, mas isso não é algo que nos preocupa. Estamos indo simplesmente para fazer o nosso jogo."

"A Rússia tem maior experiência nesse campo em Moscou, mas acho que nossa qualidade pode fazer diferença, vamos nos dedicar e tentar a vitória da maneira correta."

Se a Rússia não vencer os ingleses, a Croácia, que não joga na quarta-feira, estará garantida na Euro 2008.

(Por Mike Collett)