Alemanha ocupa pensamento de Scolari para quartas-de-final

segunda-feira, 16 de junho de 2008 12:29 BRT
 

Por Rex Gowar

BASILÉIA (Reuters) - A Alemanha, potencial rival de Portugal nas quartas-de-final da Euro 2008, está na cabeça do técnico Luiz Felipe Scolari desde a derrota da equipe de Joachim Loew para a Croácia, pelo Grupo B.

A surpreendente derrota dos tricampeões europeus para a Croácia na semana passada, somada ao empate entre Áustria e Polônia, deixou as três equipes com chances de enfrentar Portugal na próxima fase do torneio.

Scolari, enquanto isso, está preparando a equipe para a partida na Basiléia, na quinta-feira, e escalou um time cheio de reservas para o jogo de domingo contra a já eliminada Suíça. Os co-anfitriões da Euro venceram por 2 x 0.

O treinador brasileiro está mesmo concentrado na Alemanha, equipe cuja tática ele admira, e que, na sua opinião, nunca pode ser descartada numa competição.

"Mesmo na situação mais difícil, eles defendem seu orgulho e se esforçam e conseguem se recuperar", disse Felipão a repórteres.

"No jogo da semana passada, aquela não foi a Alemanha de verdade, mas se tivermos que enfrentá-los, vamos pegar um time mais forte do que o que jogou na quinta-feira (contra a Croácia)", acrescentou.

Scolari lamentou o fato de quatro jogadores de sua equipe terem recebido cartão amarelo contra a Suíça. Ele disse sarcasticamente que o árbitro austríaco Konrad Plautz foi "muito bem, excelente".

Três defensores importantes de Portugal estão pendurados e terão de tomar cuidado para não receber um segundo cartão amarelo, que significaria uma suspensão automática de uma partida.   Continuação...

 
<p>O t&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o portuguesa de futebol, Luiz Felipe Scolari, gesticula durante partida  da Euro 2008. A Alemanha, potencial rival de Portugal nas quartas-de-final da Euro 2008, est&aacute; na cabe&ccedil;a de Scolari desde a derrota da equipe de Joachim Loew para a Cro&aacute;cia. Photo by Stefan Wermuth</p>