17 de Dezembro de 2007 / às 14:26 / 10 anos atrás

Capello quer começar logo "trabalho dos sonhos" na Inglaterra

<p>Fabio Capello considerou um 'sonho que se tornou realidade' ap&oacute;s assumir o cargo de t&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o da Inglaterra, ao ser apresentado nesta segunda-feira. Photo by Dylan Martinez</p>

LONDRES (Reuters) - Fabio Capello considerou um “sonho que se tornou realidade” após assumir o cargo de técnico da seleção da Inglaterra, ao ser apresentado nesta segunda-feira.

Respondendo perguntas através de um tradutor em uma entrevista coletiva completamente lotada em Londres, o italiano de 61 anos disse que sua prioridade é aprender o idioma.

“Daqui a um mês, quando eu encontrar os jogadores, eu quero poder falar com eles em inglês”, disse Capello, que nunca treinou uma seleção nacional antes.

“Eu considero muito importante conseguir me comunicar com os jogadores.”

A segunda tarefa de Capello será mudar o rumo da seleção inglesa dentro de campo, após a equipe não se classificar para a Eurocopa do ano que vem.

“Esse é um grande time capaz de grandes resultados”, afirmou Capello, que conquistou títulos nacionais com todos os quatro clubes que treinou.

“Estou muito orgulhoso e honrado por ter recebido o cargo de técnico da Inglaterra. Eu queria esse cargo há bastante tempo. É um sonho que se realiza, porque é um cargo que todo mundo quer.”

“Eu aceitei o desafio e acredito que posso ter sucesso.”

O primeiro jogo de Capello no comando da equipe será um amistoso contra a Suíça em Wembley, em fevereiro, e ele terá até setembro de 2008 antes do início das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010.

“Tenho sorte por termos quatro jogos sem pressão, quando eu poderei fazer experiências”, disse ele. “Acho que não há confiança na seleção inglesa e no que ela pode alcançar.”

Perguntado se havia algumas escolhas automáticas para seu time, Capello, que dispensou David Beckham quando era treinador do Real Madrid, disse que todos os jogadores teriam que provar seu valor.

Capello assinou contrato de quatro anos e meio com a Associação de Futebol da Inglaterra.

Por Martyn Herman

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below