"Reza e treino" garantem Brasil 100% no vôlei feminino

domingo, 17 de agosto de 2008 08:00 BRT
 

Por Alberto Alerigi Jr.

PEQUIM (Reuters) - A seleção feminina de vôlei do Brasil conseguiu mais uma vitória por sets 3 a 0 na Olimpíada de Pequim, contra a Itália, neste domingo, e encerrou a primeira fase sem perder nenhum set em cinco jogos. Para o técnico José Roberto Guimarães, o segredo é "reza e treino."

"Estou rezando muito para o papai do Céu proteger elas", disse Zé Roberto, após seu time aplicar 25-16, 25-20 e 25-17 contra as italianas, tradicional força do voleibol mundial. "É reza e treino", acrescentou sobre o que faz entre as partidas.

Segundo o treinador, o resultado por enquanto tem sido surpreendente, mas o momento agora é de pensar no mata-mata da próxima fase, em que o time deve enfrentar ou China ou Japão nas quartas-de-final.

Zé Roberto afirmou que ambas as equipes são perigosas, mas que a seleção chinesa, atual campeã olímpica, é mais difícil de ser marcada por se movimentar bastante e ter mais combinações de ataque.

"A China envolve o adversário, é uma equipe extremamente perigosa", disse o treinador sobre as medalhistas de ouro em Atenas, há quatro anos. "É um time mais alto que o Japão e tem uma levantadora excepcional", acrescentou.

O Brasil, como primeiro colocado em seu grupo, pega o quarto colocado da outra chave nas quartas-de-final. A Itália passou em segundo na chave das brasileiras, enquanto no outro grupo, Cuba e EUA ficaram com as primeiras posições.

"Agora é outro campeonato, nervoso e complicado por conta da pressão e da ansiedade, de não se poder perder", disse o técnico.

  Continuação...