Perfeito, Federer arrasa Santoro e avança na Austrália

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008 09:32 BRST
 

Por Ossian Shine

MELBOURNE (Reuters) - O talento de Roger Federer com a raquete superou o espetáculo em quadra do experiente francês Fabrice Santoro, que acabou derrotado pelo suíço número 1 do mundo na segunda rodada do Aberto da Austrália, nesta quinta-feira.

Novak Djokovic, David Ferrer e Lleyton Hewitt também avançaram para a terceira rodada em Melbourne, mas ninguém conseguiu igualar o brilho do primeiro cabeça-de-chave e atual campeão.

Santoro é reconhecidamente um showman do esporte. Com uma série de golpes não convencionais e disposição para acreditar em todas as bolas, o francês confundiu o melhor do mundo.

Mas não conseguiu responder ao domínio de Federer, cuja potência e precisão dos ataques deixaram o francês sem reação. O resultado, 6-1, 6-2 e 6-0, reflete o que foi a partida.

"Tudo parece fácil para ele", disse, sorrindo, o francês após o jogo. "Não há espaço para jogar. Não há espaço para acertar aces, porque ele devolve tudo. Ele tem tempo para atacar, e para defender também", acrescentou.

"Adoraria jogar com ele mais uma vez, porque é bonito ver o que ele está fazendo", acrescentou Santoro, recordista de participações em Grand Slam, com 62 torneios no currículo.

Federer, em busca do terceiro título seguido na Austrália, enfrenta na próxima rodada o sérvio Janko Tipsarevic.

Outro sérvio, o terceiro cabeça-de-chave Djokovic, arrasou o italiano Simone Bolelli por 6-1, 6-2 e 6-2, enquanto o australiano Hewitt manteve viva a esperança da torcida local ao derrota Denis Istomin, do Uzbequistão, por 7-6, 6-3, 5-7 e 6-1.

O próximo rival de Djokovic será o norte-americano Sam Querrey, que bateu o 32o pré-classificado Dmitry Tursunov. Hewitt aguarda o vencedor do confronto entre o ex-campeão Marat Safin e o cipriota Marcos Baghdatis, 15o cabeça-de-chave.

O espanhol Ferrer vencia por 6-3 e 6-4 quando o argentino Juan Martin Del Potro abandonou.

 
<p>O tenista Roger Federer devolve bola em partida contra o franc&ecirc;s Fabrice Santoro no Aberto da Austr&aacute;lia. Photo by Tim Wimborne</p>