Futebol presta homenagem a Di Stefano, lenda do Real Madrid

domingo, 17 de fevereiro de 2008 14:17 BRT
 

Por Simon Baskett

MADRI (Reuters) - O ídolo do Real Madrid Alfredo Di Stefano recebeu homenagem das entidades que comandam o futebol mundial, de seu ex-clube e de colegas jogadores em uma celebração emocionante de sua vida que aconteceu em Madri neste domingo.

O ex-jogador de 81 anos recebeu um prêmio especial de Michel Platini, presidente da Uefa, que chamou o atacante argentino de "um grande entre os grandes", enquanto contemporâneos de Di Stefano o descreveram como o jogador mais completo que já houve no futebol.

"Entre os nomes escritos em ouro na história do nosso esporte há um lugar especial para Alfredo Di Stefano", disse Platini durante a cerimônia no estádio Santiago Bernabeu. "A história do futebol simplesmente não pode ser imaginada sem você."

"Este é o primeiro prêmio que eu ofereço como presidente da Uefa e apenas os grandes receberão essa honra. Um agradecimento sincero por tudo o que você fez por nosso maravilhoso esporte", acrescentou.

Di Stefano, que começou a carreira no River Plate e fez sua fama de goleador no time colombiano do Milionarios, transformou o Real Madrid no time de maior sucesso no continente, quando levou o clube à vitória em cinco Copas Européias seguidas, entre 1956 e 1960.

Nomeado duas vezes o Melhor Jogador Europeu do Ano, em 1957 e 1959, ele marcou 418 gols em 51 partidas oficiais pelo Real e anotou quase 900 gols em uma carreira ilustre, que perdurou por mais de 20 anos.

"Eu não mereço tudo isso, vocês exageraram, mas eu vou aceitar da mesma maneira", disse Di Stefano, com seu característico comportamento sóbrio.

"Não estou acostumado a falar desta maneira, e estou sorrindo, então não vou chorar, mas agradeço a vocês e agradeço também à Uefa por permitir que eu jogasse esta partida em casa, em Madri, o que me vez evitar tomar um avião, algo que não me agrada muito."   Continuação...