Petit alimenta o poderoso ataque de Portugal na Eurocopa

quarta-feira, 18 de junho de 2008 14:48 BRT
 

Por Rex Gowar

NEUCHATEL, Suíça (Reuters) - Cristiano Ronaldo e Deco ganham a maioria dos aplausos por Portugal, mas o homem realmente responsável pelo funcionamento do meio de campo português é Armando Petit.

O técnico Luiz Felipe Scolari foi extremamente criticado por convocar o meia de 1,75 metro para sua seleção, depois que Petit teve uma temporada marcada por lesões no Benfica.

"A convocação foi muito criticada", disse o jogador de 31 anos, que tem o sobrenome Gonçalves Teixeira e recebeu o apelido de Petit por ter nascido na França.

"Eu sabia que teria que trabalhar muito para estar em forma para a Euro. Mas estou respondendo bem", disse Petit a jornalistas antes da partida de quinta-feira contra a Alemanha na Basiléia.

"O técnico confiou em mim, eu não tenho nada a provar mas mostrei que posso estar aqui", disse o meia do Benfica, que desempenhou um importante papel nas vitórias de Portugal contra a Turquia e a República Tcheca.

"É normal. Estive parado por muito tempo. Não fiz a pré-temporada, então tive uma lesão no joelho e outra no pé. Consegui trabalhar bem para chegar até aqui."

Scolari confia muito em Petit por sua mobilidade e velocidade para roubar a bola para o quinteto ofensivo de Portugal: os meias Deco e João Moutinho, os alas Cristiano Ronaldo e Simão Sabrosa e o centroavante Nuno Gomes.

"Petit distribui as jogadas muito bem, ele dá condições para que Deco e João Moutinho tenham espaço para criar", disse Felipão na semana passada.

"Ele é taticamente perfeito e sempre está bem-posicionado para defender."