Morales pede ajuda a Lula para reverter veto da Fifa à altitude

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008 18:17 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - A Bolívia pediu ajuda ao Brasil para tentar reverter a decisão da Fifa que limita jogos na altitude, medida que afeta diretamente o país andino, disse um porta-voz do governo nesta sexta-feira.

A Fifa anunciou em dezembro o fim das partidas de futebol acima de 2.750 metros de altitude sem tempo suficiente para aclimatação. A capital da Bolívia, La Paz, fica a 3.600 metros de altitude.

O presidente boliviano Evo Morales disse por telefone a seu colega Luiz Inácio Lula da Silva que a decisão da Fifa exclui boa parte de seu país dos torneios internacionais de futebol, afirmou o porta-voz de Lula Marcelo Baumbach.

"O presidente acredita que as questões relacionadas à saúde dos jogadores são preocupações legítimas, mas também pensa que é importante ver o futebol como uma força de integração e fraternidade internacional", disse Baumbach a repórteres.

"É por isso que o presidente apóia essa demanda que é importante para os países vizinhos e amigos", acrescentou.

Lula disse a Morales que iria contatar a Fifa e as autoridades brasileiras de futebol em uma tentativa de reverter a decisão.

(Reportagem de Raymond Collit)