Bolívia acaba com invencibilidade do Paraguai nas eliminatórias

quarta-feira, 18 de junho de 2008 20:01 BRT
 

LA PAZ (Reuters) - A Bolívia deu fim à série invicta do Paraguai nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010 na quarta-feira, batendo a líder da disputa sul-americana por 4 x 2.

O atacante Joaquin Botero marcou duas vezes para ajudar a Bolívia a conquistar sua primeira vitória no grupo e deixar a lanterna.

Ronaldo Garcia e Marcelo Moreno, ex-Cruzeiro, marcaram em uma noite de pesadelo para o goleiro paraguaio, Aldo Bobadilla, que entrou no lugar do contundido Justo Villar.

Roque Santa Cruz e Nelson Haedo Valdez responderam pelo Paraguai, que bateu o Brasil por 2 x 0 jogando em casa há três dias, mas que sofreu com a altitude de 3.600 metros acima do nível do mar e com o gramado ruim.

A Bolívia tem quatro pontos em seis partidas no grupo de 10 países, um a mais que o novo rabeira, o Peru. O Paraguai segue com 13 pontos.

Os bolivianos saíram na frente aos 23 minutos de jogo, quando Botero recebeu um lançamento e marcou, depois de escapar da linha de impedimento.

Embora ele tenha dominado mal a bola, que foi para trás, ele conseguiu tocá-la por cima de Bobadilla.

Garcia ampliou dois minutos depois, com um chute de 30 metros de distância, que acertou uma saliência no campo e enganou o goleiro paraguaio.

Santa Cruz marcou de cabaça e diminuiu para o Paraguai aos 21 minutos da segunda etapa, mas quatro minutos depois Bobadilla não conseguiu defender um inofensivo chute de 40 metros de Ronald Gutierrez, que deu rebote para Botero.

Moreno marcou o quarto gol da Bolívia em uma cobrança de falta aos 31 minutos do tempo complementar e Valdez reduziu a diferença para o Paraguai sete minutos depois.