Após perder ouro, Dunga dará "sequência ao trabalho"

terça-feira, 19 de agosto de 2008 15:21 BRT
 

Por Marcelo Teixeira

PEQUIM (Reuters) - O técnico da seleção brasileira de futebol, Dunga, afirmou nesta quarta-feira, após a derrota para a Argentina que tirou a chance da medalha de ouro, esperar que o resultado não afete o planejamento que tem para a equipe.

"Vamos dar sequência no trabalho, como tínhamos programado desde o início de nossa chegada à seleção", afirmou Dunga, ao ser questionado se o resultado na Olimpíada colocaria seu cargo em risco.

Ele acrescentou, no entanto, que a derrota por 3 x 0 para os principais rivais "aumenta a pressão e o questionamento" sobre o seu desempenho na seleção, que tem sido marcado por altos e baixos e que sofre críticas sobre a ênfase defensiva.

"Não vai mudar meu pensamento (sobre o trabalho) por causa do resultado."

O treinador, que respondeu apenas algumas perguntas coordenadas pela organização dos Jogos, sem atender separadamente os jornalistas brasileiros posteriormente, disse que o fato de a Argentina marcar primeiro foi determinante para o resultado.

"Enfrentamos uma equipe do mesmo nível do Brasil. Em um jogo assim, quem sai na frente tem uma grande vantagem. Até aquele momento estava bem jogado, estava duro", afirmou.

As duas equipes atuaram com cautela no primeiro tempo do jogo no Estádio dos Trabalhadores, em Pequim, mas a Argentina saiu um pouco mais para o jogo no segundo tempo e conseguiu marcar logo aos sete minutos, o primeiro dos três gols que fez na partida.

"Ganhamos na Copa América e hoje perdemos, e a vida do esportista é assim. Tem que ter a frieza de saber reagir. A gente quer trabalhar duro como temos trabalhado", afirmou o técnico.   Continuação...