Argentina volta em silêncio depois de empate com o Brasil

quinta-feira, 19 de junho de 2008 15:16 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - Os jogadores da seleção argentina, incomodados com a informação de supostas diferenças entre Juan Román Riquelme e Lionel Messi, chegaram na quinta-feira a Buenos Aires em silêncio, após o empate de 0 x 0 com o Brasil nas eliminatórias sul-americanas.

Os jogadores, elogiados pela imprensa local por sua atuação em Belo Horizonte, deixaram o avião e subiram em um ônibus que os esperava logo na pista de aterrissagem.

Depois, foram para o prédio da Associação de Futebol Argentino (AFA), seguidos por uma caravana de jornalistas. Eles desceram do ônibus e se dirigiram a seus veículos particulares sem dar declarações.

Em uma conferência antes do encontro no Brasil, jornalistas argentinos perguntaram a Riquelme sobre a suposta briga entre ele e Messi.

Riquelme, que ficou nervoso com a pergunta, desmentiu qualquer briga.

Irritado, Javier Mascherano deu a mesma resposta depois da partida. "É tudo mentira da imprensa", disse o jogador do Liverpool, da Inglaterra.

(Reportagem de Luis Ampuero)