Vara de Fabiana é encontrada com material de atletas eliminadas

terça-feira, 19 de agosto de 2008 01:25 BRT
 

Por Marcelo Teixeira

PEQUIM (Reuters) - A vara de Fabiana Murer que havia sumido da pista do Estádio Nacional Ninho de Pássaro na final do salto com vara dos Jogos, na segunda-feira, foi encontrada na Vila Olímpica em meio ao material das atletas desclassificadas na primeira rodada da decisão, informou o chefe da equipe de atletismo do Brasil, Martinho Nobre.

As varas das atletas que não avançam são encaminhadas à Vila após as provas, onde segundo Nobre o técnico de Fabiana, Élson Miranda de Souza, encontrou a vara da brasileira.

Na segunda-feira, Fabiana não encontrou a vara que usaria quando o sarrafo foi colocado em 4,55 metros.

Normalmente, as atletas neste tipo de competição utilizam varas de densidades diferentes de acordo com a altura que desejam atingir. Quanto mais alto precisam chegar, mais dura deve ser a vara.

Fabiana havia utilizado uma vara de menor densidade (mais mole) no primeiro salto que fez na noite, de 4,45 metros, e avançou à próxima marca. Sem a vara ideal, ela improvisou utilizando uma para alturas superiores a 4,70 metros, mas não conseguiu ultrapassar o sarrafo colocado a 4,65 metros nas três tentativas que fez.

"A hipótese mais provável é que alguém da organização tenha deixado por descuido uma das varas em algum lugar no estádio. A vara não foi pra pista e daí, quando voltaram as varas das atletas desclassificadas, colocaram tudo junto, inclusive a da Fabiana, e levaram de volta pra Vila", afirmou Nobre.

Ele salientou, no entanto, que ainda não foi fornecida uma explicação oficial por parte da organização sobre o ocorrido, tampouco foi devolvida a vara.

"O técnico achou a vara, mas ela continua na Vila em poder dos organizadores. Estamos esperando eles devolverem, porque ela vai precisar dela para competir", disse ele.   Continuação...