De golfe a squash, novos esportes buscam vaga para Jogos de 2016

terça-feira, 19 de agosto de 2008 02:54 BRT
 

Por Karolos Grohnmann

PEQUIM (Reuters) - Do golfe ao squash, sete esportes estão cumprindo todos os passos para impressionar o Comitê Olímpico Internacional (COI) para ganhar um lugar no programa dos Jogos de 2016.

O COI vai escolher no próximo ano até dois novos esportes para serem incluídos nos Jogos de 2016 e o golfe, squash, rúgbi, caratê, beisebol, softbol e patinação estão posicionados para a escolha.

Beisebol e softbol vão se esforçar para o retorno, uma vez que foram escolhidos cerca de três anos atrás para ficar de fora do programa dos Jogos de Londres-2012.

O COI está buscando revigorar o programa, uma vez que o número de espectadores mais jovens vem caindo bastante a cada edição dos Jogos e o padrão de exibição tem mudado consideravelmente, com as novas mídias se consolidando como importante ligação com os adolescentes.

Mas, para alguns esportes, incluindo beisebol e golfe, a questão que resiste é até que ponto os jogadores de ponta desejam tomar parte dos Jogos.

"Imagino que (o golfista espanhol) Sergio Garcia verá as lágrimas nos olhos do tenista Rafael Nadal na cerimônia de entrega das medalhas", disse Ty Votaw, dirigente da Federação Internacional de Golfe aos repórteres. "Acho que os jogadores vão apoiar a presença do golfe em 2016."

O novo número um do mundo, Nadal, da Espanha, ganhou a medalha de ouro em Pequim.

Todos os esportes presentes na conferência organizada pelo site "Around the Rings" garantiram que vão agregar valor aos Jogos.   Continuação...