Bimba chega em 33o e fica sem chance de medalha

terça-feira, 19 de agosto de 2008 06:58 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - O roteiro foi diferente mas a história do velejador Ricardo Winikci, o Bimba, em sua segunda participação em Jogos Olímpicos terminou da mesma forma: sem subir ao pódio.

O atual campeão mundial da classe RS:X (windsurf) teve nesta terça-feira sua pior participação na Olimpíada de Pequim e terminou a 10a regata da prancha à vela na raia de Qingdao apenas na 33a posição, entre 35 competidores.

Mesmo podendo descartar o resultado, Bimba precisava terminar nas primeiras posições para chegar à regata da medalha, na quarta-feira, com chances de subir ao pódio. Numa raia com poucos ventos, o brasileiro não conseguiu deslanchar em nenhum momento durante os Jogos, tendo terminado apenas uma vez entre os três primeiros colocados.

Nos Jogos de Atenas, em 2004, Bimba chegou à última regata da Olimpíada como líder da classificação geral, mas acabou decepcionando na prova decisiva e terminou em quarto.

Desta vez, ele ocupa a 5a posição, 19 pontos atrás do atual 3o colocado, o neozelandês Tom Ashley. Mesmo que Bimba vencesse a regata da medalha -- que tem os pontos dobrados -- e Ashley chegasse em último entre os 10 classificados, o brasileiro não descontaria a diferença.

Após as 10 primeiras provas, o francês Julien Bontemps classificou-se em 1o para a regata da medalha, com 45 pontos perdidos, um a menos que o britânico Nick Dempsey e Ashley. Os três, mas o israelense Shahar Zubari (54 pontos), vão disputar as três medalhas da classe nos Jogos de Pequim.