Albelda e Cañizares ficam "arrasados" com decisão do Valencia

quinta-feira, 20 de dezembro de 2007 20:19 BRST
 

VALENCIA, Espanha (Reuters) - Os jogadores do Valencia David Albelda e Santiago Cañizares ficaram chocados e decepcionados com a decisão do técnico Ronald Koeman de afastá-los da equipe principal e colocá-los para fora do clube.

"Estou arrasado porque isso era a última coisa que eu podia esperar depois de tudo o que conquistei neste clube", disse o ex-capitão do Valencia Albelda numa entrevista coletiva, nesta quinta-feira.

"Eles não explicaram porque fizeram isso. Koeman apenas disse que não tinha qualquer confiança na minha liderança dentro ou fora de campo, e eu respondo que após 20 dias no comando ele ainda não me conhecia muito bem."

"Ele não faz idéia do esforço que me custou para chegar aqui."

Koeman, que assumiu a equipe do Valencia no início do mês passado, decidiu afastar do time o meia Albelda, o goleiro Cañizares e o atacante Miguel Angel Angulo até o final da temporada, após uma série de resultados negativos da equipe.

O Valencia foi eliminado na primeira fase da Liga dos Campeões e caiu de quarto para sétimo lugar no Campeonato Espanhol depois que o holandês chegou ao clube.

O trio de jogadores, com passagens pela seleção da Espanha, está entre os mais experientes e influentes dentro do elenco do Valencia.

Todos eles estavam na equipe que conquistou o título espanhol de 2002 e fez a dobradinha com o Espanhol e a Copa da Uefa dois anos depois, quando Rafa Benítez era o treinador.

Cañizares, de 38 anos, disse que está avaliando se vai se aposentar ou não após a decisão do clube.

"Ainda não decidi o que fazer", disse Cañizares. "Outro dia eu tinha 99 por cento de certeza que ia me aposentar no Valencia, e que provavelmente a camisa do Valencia seria a última que eu vestiria."

(Por Simon Baskett)

 
<p>O goleiro do Valencia, Santiago Canizares. Os jogadores do Valencia David Albelda e Santiago Ca&ntilde;izares ficaram chocados e decepcionados com a decis&atilde;o do t&eacute;cnico Ronald Koeman de afast&aacute;-los da equipe principal e coloc&aacute;-los para fora do clube. Photo by Heino Kalis</p>