Scolari quer Cristiano Ronaldo no Chelsea

sábado, 20 de setembro de 2008 14:12 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Luiz Felipe Scolari, técnico do Chelsea, disse que está de "portas abertas" para Cristiano Ronaldo, caso ele decida deixar o Manchester United.

Antes do confronto entre os dois times pelo Campeonato Inglês neste domingo, o ex-técnico de Portugal foi citado em jornais ingleses que publicaram que ele tem uma relação como de pai e filho com Ronaldo.

"Quando eu estava em Portugal, eu tinha que escolher todo ano três jogadores para o prêmio de Melhor Jogador do Ano", disse ele na edição de sábado do Daily Mail. "Um ano eu escolhi Didier Drogba, outro ano eu escrevi John Terry e outro ainda eu votei para Frank Lampard."

"Agora os três estão comigo agora, o que é bom para mim -talvez na próxima temporada eu tenha Cristiano comigo", afirmou Felipão. "Digam a ele, se ele quiser mudar, eu abrirei as portas para ele."

Scolari falou sobre o ala ofensivo de 23 anos pela primeira vez desde que deixou a seleção portuguesa, onde ele ajudou Ronaldo a melhorar suas habilidades jogando pelo time de Portugal.

Scolari, que se demitiu depois da Euro 2008 para ir para o Chelsea, acrescentou: "Quando eu cheguei em Portugal, Ronaldo era uma criança, um garotinho de apenas 17 anos."

"Ele melhorou muito desde então, mais ainda no Manchester que na seleção portuguesa. Ele passava 11 meses do ano com o United e apenas um com a seleção, mas eu vi como ele melhorou", disse Scolari. "Ele vai deixar o United um dia... Se ele irá para outro clube, seja em um ano ou dois, eu não sei. Ele é meu amigo, eu gosto dele como um pai que gosta de um filho. Mas a vida dele é a vida dele."

"Na próxima temporada, já posso vê-lo como capitão de Portugal, porque as pessoas gostam dele e ele tem a confiança necessária. Ele é um bom homem, ele cresceu e está mais maduro."

"Atualmente ele é um dos três melhores jogadores do mundo", disse o técnico brasileiro.

 
<p>Cristiano Ronaldo, do Manchester United, corre com a bola durante partida contra o Villarreal, no dia 17 de setembro. Luiz Felipe Scolari, t&eacute;cnico do Chelsea, disse que est&aacute; de 'portas abertas' para Cristiano Ronaldo, caso ele decida deixar o Manchester United. Photo by Phil Noble</p>