Boca intensifica negociação para ter Riquelme no Mundial

quarta-feira, 21 de novembro de 2007 11:09 BRST
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O Boca Juniors segue alimentando seu sonho de contar com o meia Juan Román Riquelme no Mundial de Clubes da Fifa, no Japão, após um dirigente do Villarreal ter reconhecido que a transferência é possível.

O vice-presidente do Boca, Pedro Pompilio, e o conselheiro do Villarreal, José Manuel Llaneza, confirmaram que vão continuar nesta quarta-feira as negociações, após terem passado mais de cinco horas reunidos em um hotel no centro de Buenos Aires, na terça-feira.

"Em 24 horas a transferência é possível", disse Llaneza a jornalistas ao sair da reunião.

"Nós dois estamos fazendo o melhor para resolver", afirmou Pompilio após a reunião, que também teve a participação dos representantes de Riquelme, Marcos Franchi e Daniel Bolotnicoff.

"Estamos avançando nas negociações, mas não é um assunto fácil (...) temos que continuar conversando", afirmou Llaneza.

De acordo com jornais argentinos, as diferenças estão nos valores, especialmente porque as realidades econômicas de Argentina e Espanha são muito distintas.

"Amanhã (quarta-feira) voltaremos a nos reunir", acrescentou Llaneza.

Riquelme, titular da seleção argentina na derrota de terça-feira para a Colômbia pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, foi fundamental para a conquista do Boca na Copa Libertadores deste ano.

 
<p>Colombiano Ruben Dario Bustos disputa jogada com o argentino Juan Rom&aacute;n Riquelme durante partida entre as equipes pelas eliminat&oacute;rias da Copa do Mundo de 2010. Photo by Jose Miguel Gomez</p>