Maradona diz que Messi pode ser seu sucessor

quinta-feira, 21 de agosto de 2008 07:36 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - Diego Maradona afirmou que Lionel Messi, atacante do Barcelona, pode chegar a ser seu sucessor e até superá-lo. Maradona está na China para torcer pela delegação de seu país nos Jogos Olímpicos de Pequim.

O ex-jogador assistiu a uma partida de hóquei, uma de basquete e estava na semifinal de futebol na terça-feira, quando a Argentina goleou o Brasil por 3 x 0 liderada por Messi.

Muitos acreditam que Messi poderia ser o sucessor do capitão da seleção argentina campeã do mundo em 1986.

"Parece que ele merece. É o mais parecido comigo", disse Maradona, em entrevista publicada nesta quinta-feira pelo jornal La Nación. "Ele encara (os rivais) como louco".

"Se Deus quiser, terá tempo para ser o novo Maradona e tomara que me supere. Tomara", disse Maradona, acrescentando que quer dar a "volta olímpica" com a seleção no sábado depois da final com a Nigéria.

Na partida contra o Brasil, dois dos três gols foram marcados pelo atacante Sergio "Kun" Aguero, futuro pai do bebê esperado por uma das filhas de Maradona, Giannina.

"Tomara que seja um menino", afirmou Maradona. "Vamos ver se posso dar-lhe uma bola... para fazer uma partidinha alguma vez."

Em um dos gols contra o Brasil, a bola bateu no braço de Aguero e a mídia local brincou com a famosa "Mão de Deus", lembrando o gol marcado por Maradona contra a Inglaterra na Copa do Mundo de 1986.

"Foi o Deus do bebê. Foi o mais lindo do mundo", disse Maradona. "Quando vínhamos para cá depois da partida, quando Giannina foi para a ultra-sonografia, parecia que o bebê estava gritando os gols de Kun", completou.

 
<p>Diego Maradona beija o atacante da sele&ccedil;&atilde;o argentina Lionel Messi no hotel da equipe em Pequim, na quarta-feira. Photo by Stringer</p>