COI pede investigação para apurar idade de ginasta chinesa

quinta-feira, 21 de agosto de 2008 22:21 BRT
 

Por Karolos Grohmann

PEQUIM (Reuters) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) pediu à Federação Internacional de Ginástica (FIG) que investigue a suspeita de que a chinesa He Kexin, ganhadora de duas medalhas de ouro, tem menos que os 16 anos exigidos para competir nos Jogos.

He, registrada na Olimpíada de Pequim como tendo 16 anos, ganhou o ouro por equipes e nas barras assimétricas. Ela foi registrada como tendo nascido em 1o de janeiro de 1992.

"Uma vez que algumas discrepâncias a respeito de sua idade tenham vindo à luz, pedimos à FIG que se ocupe desse caso", disse uma autoridade do COI à Reuters. "É por causa dessas discrepâncias que pedimos que se inicie esta investigação."

A idade de He está sob suspeita desde o início dos Jogos, e vários veículos de comunicação publicaram que ela havia competido em eventos passados com uma data de nascimento diferente.

Um norte-americano especialista em computação distribuiu e-mails para a mídia, na quinta-feira, dizendo ter descoberto documentos oficiais da China que provam que He nasceu em 1994, e não em 1992.

A chinesa bateu a rival americana Nastia Liukin pelas regras de desempate, levando o ouro das barras assimétricas de forma dramática.

 
<p>Foto de arquivo da ginasta chinesa He Kexin, ganhadora de duas medalhas de ouro, que ter&aacute; sua idade investigada pela Federa&ccedil;&atilde;o Internacional de Gin&aacute;stica a pedido do COI. Photo by Hans Deryk</p>