Parreira deixa comando da seleção da África do Sul

segunda-feira, 21 de abril de 2008 11:45 BRT
 

JOHANNESBURGO (Reuters) - O técnico Carlos Alberto Parreira deixou a seleção da África do Sul, informou a Associação de Futebol Sul-Africana nesta segunda-feira.

Em entrevista a jornalistas, Parreira disse que ele e a associação chegaram a uma decisão amigável para deixar o cargo a partir de 2 de maio.

"Foi uma decisão muito difícil, mas eu preciso dedicar mais tempo à minha família. Eu vou continuar disponível para assegurar uma transição suave até que o novo técnico esteja pronto e também vou continuar disponível para consultas como conselheiro técnico", falou Parreira.

"Eu lamento muito que tenha chegado a esse ponto, mas minha família precisa de mim, especialmente minha esposa. Todo ser humano precisa encontrar o equilíbrio entre a vida profissional e pessoal."

O jornal de Johannesburgo Sunday Times informou no domingo que a mulher do brasileiro, Leila, está com câncer.

Parreira, campeão mundial com a seleção brasileira em 1994, estava preparando a equipe sul-africana para a Copa de 2010, que será sediada pelo país.

Ansiosa para preparar um time competitivo para o torneio, a África do Sul anunciou Parreira com muito alvoroço na metade de 2006. Ele somente assumiu o cargo no começo de 2007--foi o 14o técnico da equipe em 15 anos.

Mesmo com a eliminação da África do Sul na fase de grupos da Copa das Nações Africanas, em Gana, ele recebeu muitos elogios pelo progresso do time.

(Reportagem de Ken Borland)

 
<p>O t&eacute;cnico Carlos Alberto Parreira anunciou nesta segunda-feira que deixa o comando da sele&ccedil;&atilde;o da &Aacute;frica do Sul. Photo by Reuters 
  REUTERS/Masimba Sasa</p>