Aliviado, Cristiano Ronaldo escapa do pior dia de sua vida

quarta-feira, 21 de maio de 2008 20:22 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - Cristiano Ronaldo temeu que o pênalti que desperdiçou nesta quarta-feira na decisão da Liga dos Campeões fosse o pior momento de sua vida, antes de o goleiro Edwin van der Sar garantir o título para o Manchester United em uma decisão dramática contra o Chelsea.

"Eu não sei o que dizer, pensei que iríamos perder quando eu errei a cobrança", disse Cristiano Ronaldo, que teve sua cobrança defendida por Petr Cech, para a ITV depois da vitória do Manchester por 6x5 nos pênaltis em um disputado jogo que terminou 1x1 após a prorrogação.

"Eu pensei que seria o pior dia da minha vida, mas o pessoal acreditou e nós ganhamos apesar do meu erro. Eu estou muito orgulhoso deles. Pênalti é loteria. Eu acho que merecemos pois jogamos melhor o jogo inteiro."

"Agora é o melhor dia da minha vida", acrescentou o jogador português antes de dizer que irá permanecer no Manchester.

O técnico do Manchester, Alex Ferguson, revelou que foi a primeira decisão por pênaltis que ele ganhou.

"É a primeira em grandes jogos", disse Ferguson, adicionando um segundo título da Liga dos Campeões após ter ganho o 10o troféu inglês na semana passada.

"Eu acho que teve um senso de destino. Nós fomos fantásticos na primeira etapa e deveríamos ter marcado três vezes. No segundo tempo eles foram melhores mas nós nos recuperamos na prorrogação."

O defensor do Chelsea John Terry teve a chance de vencer a partida para seu time mas acertou a trave na quinta cobrança de sua equipe após aparentemente ter escorregado no gramado molhado.

"Eu achei que John Terry iria acertar o seu pênalti", disse o defensor do Manchester Rio Ferdinand. "Ele é um grande batedor de pênalti nos treinos, infelizmente ele escorregou. Eu acho que alguém tem que perder".   Continuação...