Koeman se diz orgulhoso apesar da demissão no Valencia

terça-feira, 22 de abril de 2008 15:19 BRT
 

MADRI (Reuters) - Ronald Koeman disse estar orgulhoso do trabalho que realizou no Valencia, após ter sido demitido do clube espanhol com apenas seis meses de trabalho.

O ex-jogador da seleção holandesa, que ainda tinha dois anos de contrato com a equipe, foi informado da demissão na noite de segunda-feira, 24 horas após seu time ter sido goleado por 5 x 1 pelo Athletic de Bilbao.

"Estou indo, orgulhoso por ter conquistado um título da importância da Copa do Rei e quero destacar que ganhei experiência mas perdi algo que estava muito animado", disse Koeman em comunicado.

O Valencia conquistou seu sétimo título da Copa do Rei na última quarta-feira, ao vencer o Getafe por 3 x 1 na final, mas a conquista foi um raro momento de alegria na turbulenta temporada do clube espanhol.

Koeman chegou no início de dezembro para substituir Quique Sánchez Flores, que foi demitido devido à má fase da equipe na Liga dos Campeões, mas apenas quatro pontos atrás do líder Real Madrid no Campeonato Espanhol.

Desde então o time entrou em queda livre, tendo ficado em último em seu grupo na Liga e atualmente 33 pontos atrás do Real no Espanhol.

(Por Mark Elkington)