Manchester está mais preparado para o Barça, diz Ferguson

terça-feira, 22 de abril de 2008 17:10 BRT
 

Por Simon Baskett

BARCELONA (Reuters) - O Manchester United está mais bem preparado para enfrentar o Barcelona nas semi-finais da Copa dos Campeões do que estava no ano passado quando enfrentou o AC Milan na mesma fase, disse o técnico Alex Ferguson nesta terça-feira.

"Muitas vezes não tivemos sucesso em semi-finais mas acho que estamos em uma posição bem mais forte em termos da energia da equipe", disse Ferguson a jornalistas em sua preparação para a partida de quarta-feira no Camp Nou.

"No ano passado, jogamos com o mesmo time o tempo todo, neste ano não fizemos isso. Espero que isso faça a diferença. Mas o importante sobre qualquer semi-final é aproveitá-la".

O Manchester United entregou a vaga na final do ano passado quando perdeu por 3 a 0 para o Milan em San Siro, depois de ter vencido a primeira partida por 3 a 2 em casa. A equipe inglesa só chegou às finais em duas das últimas semi-finais disputadas na principal competição de clubes da Europa.

Na quarta-feira, o Manchester visita o Camp Nou pela primeira vez desde sua última conquista da Copa dos Campeões, em 1999 contra o Bayern de Munique.

O estádio do Barcelona também foi palco de uma surra de 4 a 0 sofrida pelo Manchester na fase de grupos, assim como de um empate por 3 a 3 na temporada de 1998-99 com o time catalão.

"1994 foi uma boa lição sobre a importância da retenção da bola", disse Ferguson.

"Na época não podíamos jogar com nosso melhor time por causa da regra de três jogadores estrangeiros, mas a qualidade e a posse de bola do Barcelona foram muito superiores e isto foi uma grande lição. Descobrimos a importância disto na Europa."

 
<p>Manchester est&aacute; mais preparado para o Bar&ccedil;a, diz Ferguson. Alex Ferguson em coletiva de imprensa. O Manchester United est&aacute; mais bem preparado para enfrentar o Barcelona nas semi-finais da Copa dos Campe&otilde;es do que estava no ano passado quando enfrentou o AC Milan na mesma fase, disse o t&eacute;cnico Alex Ferguson. 22 de abril. Photo by Dylan Martinez</p>