Uefa diminui suspensão de Dida para 1 jogo da Liga dos Campeões

segunda-feira, 22 de outubro de 2007 10:51 BRST
 

MILÃO (Reuters) - A Uefa diminuiu nesta segunda-feira de duas para uma partida da Liga dos Campeões a punição imposta ao goleiro do Milan Dida, que simulou ter sido agredido em jogo contra o Celtic.

Um comunicado no site do clube italiano informou que o recurso do Milan havia sido parcialmente aceito e que o jogador brasileiro desfalcará o time apenas no jogo de quarta-feira contra o Shakhtar Donetsk, em casa.

Dida jogou-se dramaticamente no gramado depois que um torcedor do Celtic aparentemente tocou o seu pescoço, após ter invadido o campo para comemorar o segundo gol do time escocês na vitória por 2 x 1 sobre os italianos, no dia 3 de outubro.

O comitê disciplinar da Uefa suspendeu Dida inicialmente por dois jogos e multou o Celtic em 60 mil francos suíços (57 mil dólares) por não ter garantido a segurança do estádio.

O Milan respondeu imediatamente que iria recorrer, afirmando que a punição era excessiva e que o verdadeiro vilão seria o torcedor.

A Uefa decidiu nesta segunda-feira diminuir a suspensão que foi imposta ao brasileiro com base no parágrafo do regulamento das competições européias que diz que "jogadores, dirigentes e membros devem se comportar de acordo com princípios de lealdade, integridade e esportividade".

O torcedor, que se apresentou à polícia no dia seguinte ao incidente, foi proibido pelo resto da vida de assistir a jogos do Celtic.

(Por Mark Meadows)

 
<p>Goleiro Dida, do Milan, deixa o gramado carregado na maca ap&oacute;s partida contra o Celtic, em Glasgow, no dia 3 de outubro. A Uefa diminuiu nesta segunda-feira de duas para uma partida da Liga dos Campe&otilde;es a puni&ccedil;&atilde;o imposta ao goleiro do Milan Dida, que simulou ter sido agredido em jogo contra o Celtic. Photo by Nigel Roddis</p>