Futebol volta à ação na Itália após violência; Ronaldo animado

sexta-feira, 23 de novembro de 2007 11:04 BRST
 

Por Mark Meadows

MILÃO (Reuters) - O futebol voltará à ação na Itália neste fim de semana pela primeira vez desde os incidentes de violência com torcedores que marcaram o país.

A morte de um torcedor da Lazio por um policial duas semanas atrás provocou manifestações nas ruas, o adiamento de dois jogos do Campeonato Italiano e a interrupção e posterior abandono do jogo entre Atalanta e Milan porque torcedores tentaram invadir o gramado.

A paralisação da partida com apenas sete minutos impediu que o atacante Ronaldo, que estava no banco de reservas, pudesse fazer sua estréia na temporada, após uma contusão.

No domingo, os atuais campeões europeus visitam o Cagliari, que trouxe de volta o técnico Nedo Sonetti na semana passada.

"Agora eu espero estar novamente de volta no time, porque me sinto na condição certa para jogar", disse Ronaldo ao site do Milan.

As recentes cenas de violência fizeram com que os jogos da primeira divisão sejam disputados sem a torcida dos clubes visitantes. Também haverá restrições nos jogos das séries B e C.

Não houve jogos da Série A no último fim de semana devido à presença da Itália nas eliminatórias da Eurocopa de 2008.

A campeã e líder Inter de Milão recebe a Atalanta no sábado, com dúvidas sobre a presença do zagueiro Cristian Chivu, que desfalcou a seleção da Romênia contra a Albânia na quarta-feira.