Pelé sugere a Kaká ficar no Milan; pede paciência com Ronaldinho

sexta-feira, 23 de novembro de 2007 11:49 BRST
 

MADRI (Reuters) - O meia da seleção brasileira Kaká deveria continuar no atual campeão europeu Milan, apesar do insistente interesse do Real Madrid em sua contratação, disse Pelé ao jornal esportivo Marca desta sexta-feira.

"Se Kaká está bem no Milan e é considerado o melhor jogador do mundo, por que mudar? Ele não precisa de dinheiro e está feliz na Itália. Eu recomendo que ele não mude", afirmou o tricampeão mundial ao jornal espanhol.

Pelé também comentou sobre a má fase vivida por seu herdeiro como camisa 10 da seleção brasileira, Ronaldinho Gaúcho.

O meia-atacante do Barcelona tem recebido muitas críticas na Espanha por um começo de temporada irregular e chegou a ser vaiado em partidas seguidas do clube catalão.

"Jogadores têm altos e baixos. Eles são humanos. É preciso ter paciência com Ronaldinho", acrescentou Pelé.

Apesar de ter se apresentado com uma lesão no tornozelo, Ronaldinho foi titular nas partidas do Brasil contra Peru e Uruguai, nesta semana, pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010.

No empate por 1 x 1 com o Peru, no domingo, ele atuou os 90 minutos, mas foi substituído no segundo tempo da vitória no Morumbi sobre os uruguaios, por 2 x 1, na quarta-feira.