McLaren apresenta oficialmente recurso do GP do Brasil

terça-feira, 23 de outubro de 2007 16:15 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A McLaren apresentou oficialmente o recurso contra a decisão de não punir três pilotos que disputaram o Grande Prêmio do Brasil por irregularidades no combustível, informou a equipe nesta terça-feira.

A McLaren recorreu à Federação Internacional de Automobilismo (FIA), depois que Nico Rosberg, da Williams, e a dupla da BMW-Sauber Nick Heidfeld e Robert Kubica não foram punidos apesar de terem corrido com combustível fora do padrão de temperatura.

Caso os três pilotos tenham os resultados da prova de Interlagos cancelados, o britânico da McLaren Lewis Hamilton ganharia três posições em relação ao sétimo lugar que terminou e somaria pontos suficientes para tirar o título das mãos de Kimi Raikkonen, da Ferrari, que venceu a corrida.