Australiano deslumbra Pequim com ouro e assumindo que é gay

sábado, 23 de agosto de 2008 22:32 BRT
 

Por Emma Graham-Harrison

PEQUIM (Reuters) - Mattew Mitcham fez duas coisas surpreendentes em Pequim. Abocanhou a medalha de ouro do aparentemente invencível time chinês de saltos ornamentais e disse a quem perguntasse que sim, é gay. Dois anos atrás, o atleta de 20 anos sequer estava saltando. Ele tinha abandonado o esporte, cansado anos de dedicação a um esporte exaustivo. Mas retornou para o ouro.

"Tudo, absolutamente tudo o que eu fiz, foi para isso", disse o australiano. "Agora aconteceu, eu nunca pensei que conseguiria."

Mitcham desabou em lágrimas depois que um salto quase perfeito, na última série, o deixou acima do favorito chinês no alto da classificação.

Essa foi a oitava e última medalha no esporte completamente dominado pelos anfitriões, que esperavam também ficar com esta.

Um garoto não-atlético e rebelde, e provavelmente o único saltador de elite que usa um piercing na língua, Mitcham foi descoberto ao ser visto dando saltos em uma piscina pública.

Ele sofreu de depressão e, em 2006, deixou os saltos ornamentais, mas voltou no ano passado determinado a vencer e se divertir.

"Eu não conseguia ouvir o público. Em minha mente eu dizia, 'simplesmente aproveite"', disse o saltador sobre seu último e magnífico salto.

Ele é tão destemido em sua vida pessoal como na plataforma de 10 metros.   Continuação...

 
<p>Matthew Mitcham, da Autr&aacute;lia, comemora o ouro na prova de plataforma de 10 metros nos saltos ornamentais. Photo by Wolfgang Rattay</p>