25 de Janeiro de 2008 / às 00:16 / em 10 anos

Sharapova, Ivanovic chegam por vias opostas à final na Austrália

<p>A tenista s&eacute;riva Ivanovic comomera ponto duran semifinal contra a eslovena Daniela Hantuchova, pelo Aberto da Austr&aacute;lia. Ivanovic conseguiu uma recupera&ccedil;&atilde;o sensacional para alcan&ccedil;ar a primeira final de Grand Slam da sua carreira, nesta quinta-feira, e vai enfrentar Maria Sharapova pelo t&iacute;tulo do Aberto da Austr&aacute;lia. Photo by Darren Whiteside</p>

Por Ossian Shine

MELBOURNE (Reuters) - A sérvia Ana Ivanovic conseguiu uma recuperação sensacional para alcançar a primeira final de Grand Slam da sua carreira, nesta quinta-feira, e vai enfrentar Maria Sharapova na disputa pelo título do Aberto da Austrália.

As duas chegaram à grande final de sábado de formas bastante distintas. A russa Sharapova atropelou outra sérvia, Jelena Jankovic, por 6-3 e 6-1, enquanto Ivanovic recuperou-se de uma lavada no primeiro set para eliminar Daniela Hantuchova, por 0-6, 6-3 e 6-4.

Ivanovic venceu apenas nove pontos no primeiro set, e perdia por 6-0 e 2-0 quando iniciou a incrível virada.

“Definitivamente foi um começo frustrante para mim”, disse, sorrindo, a aliviada tenista de 20 anos.

“Simplesmente sentia que ela estava jogando bem e eu estava sempre atrás, e sempre defendendo. Não conseguia encontrar meu ritmo.”

Na partida que abriu o dia de semifinais no Melbourne Park, Sharapova deu sequência à arrasadora vitória nas quartas-de-final sobre a número 1 do mundo, Justine Henin, com mais uma atuação devastadora contra Jankovic, terceira cabeça-de-chave.

Com golpes bastante angulados e acertando muitos aces, a russa nunca permitiu que Jankovic crescesse na partida, disputada com o teto da Rod Laver Arena fechado devido à chuva em Melbourne.

Jankovic, que desde o início da competição reclama de dores nas costas, não conseguiu suportar o ritmo da rival e perdeu muitos pontos apenas observando a bola.

“Eu queria desistir, mas não era justo com o público. É uma semifinal, então joguei o que pude para terminar a partida”, disse Jankovic.

Para Sharapova, sua missão na Austrália ainda está incompleta por causa da derrota na final do ano passado.

“Desde o início do torneio, você quer ir um passo além do que fez no passado. Este é sempre o objetivo, seu mantra em um torneio”, explicou a russa.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below