Irã oferece vaga de treinador a espanhol Javier Clemente

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008 14:24 BRST
 

Por Parisa Hafezi

TEERÃ (Reuters) - O treinador espanhol Javier Clemente disse que recebeu uma proposta para treinar a seleção do Irã, mas que só vai decidir se aceitará o cargo após uma viagem ao país na semana que vem.

"O Irã quer que eu seja técnico deles, nós conversamos e eles me ofereceram o cargo, mas o acordo depende do que acontecer quando eu estiver lá na próxima semana", disse o ex-treinador da Espanha à Reuters. "Ainda não foi nada assinado".

"A proposta é para que eu dirija a equipe nas eliminatórias para a próxima Copa do Mundo, mas seu eu não gostar do estilo de vida, das instalações ou do projeto para a seleção, então eu não vou aceitar."

"Ser técnico de uma seleção nacional é um trabalho importante. Se eu aceitar, vou seguir o mesmo comportamento que tive quando treinei a Sérvia e ficaria morando aqui na Espanha e viajando para o Irã para as questões relacionadas com o futebol."

Horas antes, a Federação de Futebol do Irã disse que havia contratado Clemente como novo técnico da seleção com vistas às eliminatórias da Copa do Mundo de 2010, que começam em fevereiro.

"Foi assinado um contrato de três anos com Clemente nesta manhã na Espanha", disse o vice-presidente da FFI, Mehdi Taj, em entrevista para a TV estatal.

A seleção iraniana está sem treinador desde a saída de Amir Ghalenoei, após a eliminação nas quartas-de-final da Copa Asiática para a Coréia do Sul, em julho do ano passado.

Clemente foi demitido da Sérvia em dezembro por não ter conseguido classificar a equipe para a Eurocopa, que acontece este ano na Áustria e na Suíça.

O espanhol foi técnico da Espanha entre 1992 e 1998 e tem no currículo passagens por diversos clubes, incluindo Atlético de Madri e Athletic Bilbao.

O Irã está no Grupo F das eliminatórias asiáticas, ao lado de Kuweit, Síria e Emirados Árabes Unidos.